Projetos realizados

Edição 2018/2019


ONG: OBSERVATÓRIO SOCIAL DO BRASIL (OSB-SP)

Integrantes: Rodrigo S. Q. Carmarinha, Eduardo L. Farkas N., Beatriz Lira D., João Vitor O. Saes, Mateus Martins P. J., Ester Romano

Tutor: Alex B.

O Instituto OBSERVATÓRIO SOCIAL DO BRASIL é uma organização não governamental e sem fins lucrativos, que tem como objetivo incitar o senso de cidadania na população e, a partir disso, ampliar a representação dos interesses coletivos perante os órgãos públicos. Isso ocorre por meio da fiscalização e monitoramento dos recursos públicos, visando aperfeiçoar a gestão pública.

O projeto teve como objetivo aumentar a visibilidade da ONG nas mídias para atrair novos e mais voluntários, além disso, angariar possíveis patrocínios, cujos resultados serão a ampliação d a atuação da ONG e do capital humano.


ONG: INSTITUTO HUMANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO INTEGRAL (IHDI)

O Instituto Humanização e Desenvolvimento Integral (IHDI) presta o serviço de assistência à educação infanto-juvenil, atuando por meio de creches, justamente, para crianças em situação de vulnerabilidade e risco na cidade de São Paulo e de CCA (Centro para Crianças e Adolescentes). Também assiste aos adultos em situação de rua por meio de albergue.

Integrantes: Jessica Coelho, Natalia Gonçalves Bersanetti, Giovana Silva de Moraes, Larissa Lury T., Guilherme kury, André de Paula C.

Tutor: Vitor Hideo Nasu

O primeiro projeto em desenvolvimento no IHDI estruturou um plano de estratégia digital englobando, além do site da ONG, a sua página no Facebook e o Instagram. Inscreveu o IHDI em plataformas digitais de crowdfunding, e também em um programa de divulgação gratuito, que publicará de maneira pertinente os banners da ONG em diversos sites. O primeiro resultado foi a realização da primeira campanha de arrecadação online, um teste para dimensionar o alcance da imagem da ONG perante aos colaboradores e ao público. Foi realizado ainda, o cadastro da ONG em plataformas que unem a instituição e os seus futuros voluntários.

 

Integrantes: Guilherme B. D. Ramos, Luis Fernando Portugal D., Bruno Serafim T., Roberto Romano, Mijung Kim.

Tutor: Marcelo Risso

O segundo projeto em desenvolvimento no IHDI busca introduzir a sistematização de dados por meio da conversão de dados do extrato bancário em Excel por meio de uma ferramenta chamada “Nitros”. Assim busca facilitar a extração de dados bancários de uma forma mais organizada, transparente e rápida para formular os documentos necessários à prefeitura.


ONG: FUNDAÇÃO BRITÂNICA DE BENEFICÊNCIA (FBB)

Integrantes: Salomon, Ricardo Bignon Nagnonhou, Thais Vieira, Victoria Zorzetto, Monica Angelis Oliveira Ribeiro, Larissa Katayama

Tutor:

A Fundação Britânica de Beneficência (FBB) atua na promoção da dignidade e do bem-estar da parcela da população com 60 anos de idade ou mais, por meio de quatro programas: acolher, cuidar, amparar e multiplicar. Por meio destes, fornece assistência financeira, apoiando instituições de permanência para a terceira idade; acompanhamento dos idosos em consultas e exames; e também acolhimento quando necessário. Além dos programas, contam com o recém-criado centro de convivência, onde realizam atividades de lazer e cultura com os idosos da comunidade.

O projetos buscou facilitar a logística e organização de processos da FBB, por meio da criação de manuais para padronização, organização e gestão desses processos, por meio da abordagem de tópicos para logística e realização dos quatro programas existente. Assim, diferentes pessoas poderão realizar e organizar diferentes processos a qualquer momento, sem a necessidade da concentração em um único responsável.


ONG: ETERNAMENTESOU

Integrantes:

Tutor:

A ONG EternamenteSOU promove o atendimento psicossocial aos idosos LGBT 60+ (pessoas LGBT mais simpatizantes e idosos de 60 anos ou mais). Possui como missão criar um envelhecimento saudável e digno para esse público criar um plano de patrocínio para angariar recursos e, futuramente, construir com centro de convivência.

O projeto buscou fortalecer as áreas de finanças e de marketing da ONG por meio da estruturação de programas de fidelidade benchmarking com outras ONGs.


ONG: INSTITUTO ANA ROSA

Integrantes: Aline Pinheiros dos Santos, Paulo Henrique da Silva, Fernando Fagner Ramos.

Tutor:

O Instituto Ana Rosa proporciona o atendimento psicológico e odontológico e de fonoaudiólogos, contribuindo para melhores condições de vida, educação, proteção e segurança a crianças e jovens provenientes de famílias de baixa renda e em vulnerabilidade social.

O projeto buscou a estruturação de recursos por meio de parcerias com universidades que ofereçam os profissionais citados, e melhorar o processo de seleção de estagiários e voluntários. Dentre os resultados, está o aumento da disponibilidade de profissionais capacitados que possam atender regularmente os casos apresentados pelo Instituto. 


ONG: ABEUNI – Aliança Beneficente – Universitária de São Paulo

Integrantes: Erick Fernando Feijóo Alonso, Gabriel Magliano Maia do Nascimento, Jhoseline Karina Quispe Huacota, Maria Aparecida Dourado, Redne Inacio Lopes Silva

Tutor: Vitor Hideo Nasu

A ABEUNI – Aliança Beneficente – Universitária de São Paulo – é uma entidade filantrópica, fundada por universitários e formandos de várias áreas do conhecimento. A entidade realiza eventos ao longo do tempo, tentando atender a população, abrangendo as mais variadas necessidades públicas, e alguns eventos festivos para financiar as atividades assistenciais. Em 35 anos de existência, a atuação da ABEUNI tem focado, principalmente, na saúde pública, com consultas odontológicas e de saúde básica voltados para todas as faixas etárias.

Em conjunto com a ABEUNI o grupo buscou delimitar como um produto viável a ser entregue no projeto de centralização dos dados gerados pela ONG, de forma que se crie um processo, um caminho a ser seguido quando algum dado for gerado. Também elaboraremos um manual com a nossa proposta e treinamentos caso necessário.

 

Edição 2017/2018


ONG: AROMEIAZERO

Integrantes: Carolina Carvalho Maimone, Carolina Aparecida de Moraes Ferreira, Felipe Yukio do Amaral Tomanari, Victor Henrique Collasanta, Gabriela Silva de Souza.

Tutor: Vitor Hideo Nasu.

O Instituto AROMEIAZERO é uma organização sem fins lucrativos, fundada em 2011 com o objetivo de “promover uma visão integral da bicicleta, como transporte, expressão artística, trabalho, lazer, esporte e também como ferramenta de mudança no modo de vida e de relações em centros urbanos e comunidades rurais”.

O grupo elaborou um Manual de Melhorias para a Gestão Financeira através do uso do Excel, usando fórmulas, formatação condicional, gráficos e tabelas dinâmicas, todos recursos oferecidos pela ferramenta.


ONG: Projeto Socioeducativo e Cultural Alavanca Brasil

Integrantes:  Gabriela Pereira de Andrade, Leandro Hideki Tomotani, JecksoM Gomes da Silva, Arthur Affonso dos Santos Pieroni, Rodrigo dos Santos Silva.

Tutor: Altair Camargo Filho.

A ONG tem como principal objetivo oferecer atividades de apoio social aos moradores em vulnerabilidade socioeconômica da comunidade. Suas principais atividades estão no oferecimento de aulas de reforços para os jovens e crianças com déficits educacionais, e desenvolvimento de atividades artísticas de entretenimento que visem o acesso conjunto à cultura e educação.

O grupo focou inicialmente nos processos de divulgação da ONG, com finalidade de criar uma lista sólida de voluntariado, afim de sanar a principal dificuldade estrutural que é a falta de pessoal para o desenvolvimento das atividades educacionais. Houve ainda o foco na organização da questão Contábil da ONG, uma vez que a ausência de um fluxo de caixa de fácil acesso, dificulta a compreensão da administração.


ONG:  Centro Comunitário e Creche Sinhazinha Meirelles

Integrantes: Nathália Reis Cohen, Paulo Henrique Silva, Thales Vinicius Gomes, Vital Ferreira

Tutor: Fernando A. Marques

Atualmente a entidade funciona com um Centro de Educação Infantil e um Centro para Crianças e Adolescentes, atendendo mais de 430 crianças da região, sendo que a maioria delas vive em situação de
vulnerabilidade e risco social.

O projeto pautou-se na proposta apresentada pela diretoria da ONG, de um banco de dados que
facilitasse o acesso à informação na instituição. Paralelamente ao projeto principal do banco de dados, surgiu uma demanda da entidade: que o acesso às informações e documentos pudesse ser feito de maneira remota, por meio da internet e cloud computing; facilitando a realização de tarefas e facilitando ainda mais o acesso à informação para os diretores.


ONG: Teto

Integrantes: Bruno Medeiros Fernandes, Denis Augusto de Campos Junior, Lara Balieiro Castillo, Rafael de Lima Monteiro

Tutora: Isabelle Curvero

A ONG tem como principal atividade a construção de moradias de emergência para famílias de
baixa renda em favelas.

O grupo utilizou de um modelo econométrico e de softwares como R, STATA e QGIS para escolher os melhores pontos da cidade de São Paulo para voluntários da ONG fazerem Coleta de fundos.


ONG: Associação Aquarela

Integrantes: Bianca Araujo, Brenda Rodrigues, Gabriel Xavier, Maria C. Goes.

Tutor: Renato Czarnotta

Fundada em 1996 por funcionários da ADP do Brasil, a Associação Aquarela tem como principal foco de atuação atender crianças de 5 a 12 anos com educação nao formal, no período em que não estão na escola, e a oferecer oficinas para a comunidade aos finais de semana.

O grupo ajudou a organização na reforma de um laboratório de informática e mediou a parceria Associação com a AIESEC, promovendo uma maior mão de obra sistemática e sustentável para demandas administrativas.


Edição 2016/2017


ONG:  Instituto Movimentarte

Integrantes: Gabriel Fermiano, Isabella Vasques, Kaique Gonçalves, Marília Sírio, Matheus Junqueira.

Tutora: Cibele Vegiato

É uma ONG que tem a missão de semear através de aulas de dança, palestras, eventos e workshops a importância da dança no desenvolvimento das pessoas. Acredita na força da arte como um novo caminho de transformação das relações humanas, e visa potencializar o desenvolvimento das pessoas com deficiência, abrindo uma ponte para que a sociedade possa se integrar a este universo.

O desenvolvimento do projeto, como planejado pelo grupo, se deu em torno da organização financeira e contábil interna e aumento da arrecadação da ONG por parte dos stakeholders (principalmente mães de alunos, e público externo).


ONG: Abraço Cultural

Integrantes: Bárbara Fernanda Moraes, Bruno Santana de Alencar, Eduarda Gomes, Gabriela Yumi, Tamires Santana, Tiago Sampaio.

Tutora: Cibele Vegiato

A ONG  Abraço Cultural realiza cursos de línguas ministrados por professores imigrantes em status de refúgio com o objetivo de contribuir para sua inserção econômica e social na sociedade brasileira.

As frentes de trabalho atuaram na síntese de dados úteis para ações de marketing, nos meios de comunicação com elaboração de uma FAQ para clientes corporativos e um modelo de e-mail, na elaboração de manual do serviço prestado pela Abraço, e no oferecimento de ferramentas de gestão.


ONG: Canto Cidadão – Curso Preparatório Para o ENEM

Integrantes: ​Fernando Artagoitia Marques, ​Lia Cleimara Calle Cabrera, Renata de Sousa Rodrigues, ​Victor Lotrario Magalhaes Porto.

Tutor: Marcelo Luiz Risso

O Canto Cidadão tem por finalidade a busca contínua na ampliação de comprometimento com a sociedade, trazendo à tona o protagonismo social, a fim de contribuir para o desenvolvimento e crescimento humano com o apoio inserido nos projetos sociais conectados à arte, educação, saúde e cidadania.

O grupo, junto ao diretor da ONG, desenvolveu o projeto do Curso Preparatório Para o ENEM, onde estruturaram a edição piloto, visando 30 alunos e focando nas matérias de Língua Portuguesa e Matemática.  As aulas ocorrem no espaço de teatro da unidade, ministradas por professores voluntários
e com material fornecido pelo Estado, além daquele obtido via parceria com o grupo
Descomplica.


ONG: Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares – ITCP

Integrantes: Andreza Silva, Jean Rosado de Fontoura, Jéssica Cezário, Luíza Palma Clemente, William Fukumoto.

Tutor: Marcelo Risso

Vinculada à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo, a ITCP promove a Economia Solidária como política pública através da atuação autogestionária de docentes, discentes e técnicos multidisciplinares.

Os projetistas agiram em torno de modelos para documentos importantes utilizados durante um
projeto, criação de um método de organização do Google Drive que siga critérios simples e, para
garantir a sustentabilidade, orientação sobre e acompanhamento inicial do manejamento da pasta
e da elaboração de documentos.


ONG: Projeto Ceaf

Integrantes: Heloisa Brenha Ribeiro, Heloyse Pires, Ismael Henrique.

Centro de Estudos e Assistência à Família – CEAF é uma instituição sem fins lucrativos, fundada em 1983, por profissionais voluntários das áreas das ciências humanas, estudiosos interessados e preocupados com questões da saúde mental de crianças e adolescentes em situação de risco ou vulnerabilidade social.

O grupo do PESC ajudou a ONG a criar e implementar um banco de dados on-line baseado na plataforma Google Forms. Gratuito, esse repositório de informações e contatos pode ser acessado a distância por qualquer membro do Ceaf, permitindo à ONG organizar contatos, fazer pesquisas junto aos voluntários e, pela primeira vez, gerar estáticas sobre seus atendimentos, fundamentais para ela prestar contas e conseguir doações e parcerias.


ONG: Centro de Liderança Pública Rede de Líderes MLG

Integrante: Raphaela Castro Mariano de Carvalho

Tutor:​ Alexandre Mendes

O Centro de Liderança Pública (CLP) foi fundado em 2008 e é uma organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP) apartidária, que tem como objetivo estratégico fomentar soluções integradas para o desenvolvimento de líderes públicos comprometidos em promover mudanças transformadoras que fortaleçam as instituições democráticas na sociedade brasileira.

O grupo criou um planejamento estratégico direcionado a estruturação de uma Rede de Líderes formados por essa instituição. Este planejamento estratégico busca direcionar o CLP nas ações que devem ser tomadas, considerando que algumas já estão encaminhadas, para engendrar o processo.


Edição 2015/2016


ONG: Instituto Hatus

Integrantes: João Guilherme Feitosa Martins, Helena Cardoso Cunha, Larissa Almeida Santos.

Tutora: Ana Carolina Siqueira

O Instituto Hatus localiza-se no bairro Vila dos Remédios, que faz parte dos municípios
de São Paulo e Osasco, e trabalha com educação musical clássica para crianças. São oferecidas
aulas de canto de coral, violino, violoncelo, viola, xilofone, e, até mesmo, de teoria musical. Os
estudantes mais experientes do projeto podem, ainda, participar da orquestra juvenil. O objetivo
principal da ONG é tirar das ruas as crianças carentes da região por meio da música. Seus
objetivos secundários são proporcionar crescimento cultural e cidadania às crianças e formar
músicos.

O projeto abrangeu os problemas ligados ao Bazar, devido a sua importância como fonte financiamento do Instituto, e às planilhas de controle, por terem um potencial bastante grande de facilitar o dia a dia da administração.


ONG: Movimentarte

Integrantes: Ana Paula Pacca da Silva, Naomi Yuki Watanabe, Thaiza Leonardi Violanti, Yasmin Riveli de Souza Freitas.

Tutor: Carlos Eduardo Alvares Gonçalves

O Instituto Movimentarte é uma ONG que divulga através de aulas de dança, palestras, eventos e workshops a importância da dança e da arte no desenvolvimento das pessoas. Acredita na força da arte como um novo caminho de transformação social. Tem o objetivo de potencializar o desenvolvimento das pessoas com deficiência e abrir uma ponte para que a sociedade possa se integrar a esse universo, sempre focando em temas mais amplos como o respeito, a empatia e a diversidade.

Os projetistas atuaram em duas frentes para melhorar a gestão da ONG: estruturação das atividades
administrativas e criação de um sistema financeiro. O grupo desenvolveu um projeto de plano de negócios alinhado junto com a gestora da entidade, além de sistemas automatizados específicos para o
controle financeiro.


ONG: Instituto George Mark Klabin

Integrantes: Carlos Eduardo Heinecke, Esther Naomi Tsujim, Laryssa Montenegro Pires, Nicole Rocha Fernandes.

Tutor: Guilherme Duarte

O Instituto George Mark Klabin é uma organização sem fins lucrativos, criada em 1993, e nasceu do sonho e compromisso dos empresários George Mark Klabin e Edgar Gleich em criar e desenvolver um projeto social para jovens brasileiros de baixa renda.

O grupo optou pela elaboração de um manual para a medição da magnitude do impacto gerado pelo Programa de Capacitação Profissional, fornecido pelo iGMK. Para que assim, fosse possível atrair captação de recursos por terceiros com maior eficiência.


ONG: CRD – Centro de Referência e Defesa da Diversidade

Integrantes: Bárbara Camargo Netto, Bianca de Oliveira Araújo, Gabriela Milagres Marqui, Gilson Piorini Ribeiro, Mateus Gomes Corrêa dos Santos.

Tutor: Luciano Nurnberg

O Centro de Referência à Diversidade é um serviço mantido pelo Grupo Pela Vidda em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS). O Grupo Pela Vidda é uma organização não governamental sem fins lucrativos formada por pessoas vivendo com HIV/AIDS, seus amigos, parentes, familiares e interessados em geral. Reúne colaboradores e voluntários independentemente da sorologia para o HIV, gênero, orientação sexual, orientação político-partidária ou religiosa.

O principal objetivo do projeto foi aumentar a capacidade de atendimento da ONG, bem como sua eficiência. Por meio da criação de um banco de dados que reúna todos os dados necessários para que os funcionários da ONG possam atender de maneira adequada cada usuário.


ONG: ADUS – estrutura organizacional baseada em processos

Integrantes: Daniela Maira Sobral dos Santos, Edivaldo Leite da Silva, Fernanda Moura Aguiar, Karina da Costa Mata, Lucas Rossitto Freri, Thiago de Oliveira Sampaio.

Tutora: Nadir Raquel Cunha França

Fundado em 2010, o Instituto de Reintegração do Refugiado (mais conhecido como ADUS) é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público que atua junto aos refugiados e outros estrangeiros vítimas de migrações forçadas na cidade de São Paulo, a fim de reduzir os obstáculos que enfrentam para sua efetiva reintegração na sociedade.

O grupo criou a estrutura organizacional da ONG, ou seja: um mapeamento das atividades e relacionamentos mantidos entre os diferentes setores e seus funcionários. Com a E.O. visualmente acessível a todos, a ONG pode se enxergar melhor, ajudando os voluntários e refugiados a buscarem as pessoas certas quando necessário, facilitando o desenvolver de processos fundamentais que fazem o projeto ADUS acontecer.


ONG: O Bar BibiTantã Buffet

Integrantes: André Felipe Saraiva de Melo, Daniel Sanches Portella, Danilo Kenji Arashiro, Felipe Teixeira Genta Maragni, Gabriele de Carvalho Souza, Matheus Elias do Nascimento Silva.

Tutor: Roberto Falcão

O Bar Bibitantã é um dos projetos que recebem apoio da Associação Vidas em ação (AVA), fundado em março de 2006, ele funciona como um serviço de Buffet. Os trabalhadores são pessoas que possuem algum tipo de transtorno psicológico e são pacientes do CAPS – Centro de Atenção Psicossocial III do Itaim Bibi, da secretária de saúde do município de São Paulo.

O grupo objetivou os seguintes resultados com a ONG: organização e estruturação da contabilidade geral, administração do BibiBanco e criação de um banco de dados com informações de identificação
e cadastramento dos cooperados


ONG: ONG SEMEAR

Integrantes: Giulio Ferraro, Jonas Francisco dos Santos, Marcela Areias Cassis, Milena Lacerra de Oliveira, Rodrigo Santos, Zheng Long Chin.

Tutor: Vitor Hideo Nasu

A Semear – Associação para Integração e Apoio às Pessoas com Deficiência é uma sociedade civil sem fins lucrativos, fundada em 10/05/1989 por pais de pessoas com deficiência, empregados da ex-Telesp, cuja missão é promover a vida das pessoas com deficiência e seu desenvolvimento, respeitando-a, valorizando seu potencial e respeitando suas limitações, integrando-a na sociedade.

Os projetistas decidiram por trabalhar para melhorar a imagem da ONG a fim de a partir disso, conseguirem maior credibilidade para a captação de alunos e consequentemente, recursos. Os alunos agiram a partir de três frentes: Captação de Recursos e Estruturação do Voluntariado, Gerenciamento de Custos e Marketing.


ONG: NÚCLEO ESPIRAL

Integrantes: Fernanda Almeida, Gustavo Iglesia, Joyce Dias de Melo, Thaís Martins Ueda.

Tutor: Gabriel

O Núcleo Espiral é uma associação sem fins lucrativos que atua na educação, assistência e prevenção da violência contra crianças e adolescentes. Realiza atividades de cunho socioeducativo com grupos de crianças, adolescentes, cuidadores, professores e pais. E também, promove a capacitação, assistência e assessoria a instituições, abrigos e escolas. Além de desenvolver estudos e pesquisas nesse campo.

O grupo considerou três possíveis focos para o projeto: reestruturação funcional, marketing e captação de recursos. Assim, o trabalho do grupo foi pautado principalmente em pesquisas, benchmarking e análises e relatórios que foram apresentados ao Núcleo Espiral.


ONG: ONG Mensageiros da Esperança

Integrantes: Giselle Mazzotto, Laura Pucci Maia, Matheus Junqueira, Priscila Mayumi de Oliveira.

Tutor: Cassio Aoqui

A ONG Mensageiros da Esperança desde 2012 desenvolve trabalho forte na área de empreendedorismo para o empoderamento de mulheres, com foco nas mulheres da periferia. A ONG também investe nos jovens estimulando suas potencialidades através de atividades sócio-educativas, utilizando como principais ferramentas ações de sustentabilidade, capacitação profissional, projetos e oficinas artístico-culturais, desenvolvimento em empreendedorismo e as TIC’s (Tecnologias da Informação e Comunicação).

O objetivo do grupo foi incentivar a gestão da entidade quanto ao estímulo e aprimoramento de formas alternativas de captação de recursos. Ademais, buscou-se incutir a importância do gerenciamento de suas parcerias, de forma a melhorar o relacionamento entre as partes e otimizar a eficácia dos projetos. Todos esses aspectos foram norteados pelo desenvolvimento do plano de negócios e a oficina de gestão de stakeholders.


ONG: Litro de Luz

Integrantes: Angela de Sousa Lima, Bárbara Desirée Arruda Rocha, Giovana Carmona Lobo, Josué de Souza Oliveira, Pedro Henrique Ambrosio Mariano de Moraes

Tutora: Elubian Sanchez

A Litro de Luz é uma organização não governamental, e sem fins lucrativos. Seu objetivo principal é levar a iluminação pública para comunidades que não a possuem, para que seja propiciado o conforto, a segurança e a melhora da qualidade de vida para os moradores da região.

O grupo decidiu por elaborar um Business Plan, um documento que condensaria informações sobre a atividade realizada pela organização e que ela poderia usar para diversificar suas fontes de recursos financeiros, como também realizar parcerias com outras organizações.